Quinta-feira, 8 de Novembro de 2012

As manhãs servem para acordar.

Isso já se sabe, dahhhh! Mas servem também

para descobrirmos sons. 

 

Tentem acordar mais cedo uma manhã e

deixem-se ficar, a ouvir os sons que ela vos traz:

alguém que já se levantou e faz a higiene pessoal na

casa de banho, alguém que ainda ressona,

o sinal de mensagem recebida no telemóvel,

o "plim" de uma "conversa" no Facebook que alguém já ligou,

um carro na rua, o autocarro que arranca da paragem, 

a vizinha madrugadeira que lança o seu vozeirão

aos gatos que alimenta às dúzias...

 

As manhãs servem para refletirmos

no que vamos fazer durante o dia: onde ou com quem

vamos almoçar, o que vai ser o jantar,

a passagem pela costureira no fim do trabalho,

a reunião na escola dos filhos (ou na nossa)...

 

Há muitas coisas que deixamos escapar

se não nos deixarmos cativar pelos sons

e pelo silêncio também, das manhãs.

 

Felipa Monteverde



publicado por Felipa Monteverde às 08:53 | link do post | comentar | favorito

mais sobre mim
links
Janeiro 2016
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1
2

3
4
5
6
7
8
9

10
11
12
13
14
15
16

17
18
19
20
21
22
23

24
25
26
27
28
29
30

31


posts recentes

Novo jardim

A moeda "falsa"

A crise dos outros

Manhã de sol

Paixão

No jornal

O homem

Um amigo

Sono

"Amigo é..."

arquivos

Janeiro 2016

Outubro 2015

Janeiro 2014

Novembro 2013

Setembro 2013

Abril 2013

Março 2013

Janeiro 2013

Dezembro 2012

Novembro 2012

Outubro 2012

Setembro 2012

Agosto 2012

Julho 2012

Junho 2012

blogs SAPO
subscrever feeds