Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Enquanto a roupa seca no varal

Enquanto a roupa seca no varal

01
Out15

A moeda "falsa"

Felipa Monteverde

Sentei-me na esplanada do café.
Mandei vir um café. Paguei-o, entregando
uma moeda de um euro que retirei do porta-moedas
e da qual recebi troco. E afinal era uma moeda falsa!
O empregado veio perguntar-me se sabia onde a tinha recebido
se sabia quem ma tinha dado, porque era falsa.
Já ouvi de falar de notas falsas, agora moedas!

Era uma moeda velha e amachucada
cá para mim foi por isso que ele não a quis.
Disse que até no peso se notava, que a falsa era mais leve,
que o material não era o mesmo e (para que eu não
me pusesse com ideias) que nem a máquina dos cigarros a aceitaria.
Não acreditei, claro, ele não queria era ficar com uma moeda velha.
É que, se aquela moeda era falsa, já tinha enganado muita gente
pois tinha nitidamente anos de circulação.

Mas dei-lhe outra. E dali a uns minutos ele veio
trazer-me o troco. Troco?! Ele já me mo havia dado…
Desfiz o engano (mas hesitei…)
E ele deve ter ficado com cara de parvo
mas pelo menos ficou a saber que eu não pretendia enganá-lo.

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Links

Os meus outros blogues:

Arquivo

  1. 2016
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D
  14. 2015
  15. J
  16. F
  17. M
  18. A
  19. M
  20. J
  21. J
  22. A
  23. S
  24. O
  25. N
  26. D
  27. 2014
  28. J
  29. F
  30. M
  31. A
  32. M
  33. J
  34. J
  35. A
  36. S
  37. O
  38. N
  39. D
  40. 2013
  41. J
  42. F
  43. M
  44. A
  45. M
  46. J
  47. J
  48. A
  49. S
  50. O
  51. N
  52. D
  53. 2012
  54. J
  55. F
  56. M
  57. A
  58. M
  59. J
  60. J
  61. A
  62. S
  63. O
  64. N
  65. D